Reforma da Previdência

A reforma da previdência é a grande polêmica que repercute em todo o país no momento, uma vez que todos os segmentos constataram retrocessos históricos contra os trabalhadores. Sentindo seus direitos ameaçados, trabalhadores de todo o Brasil tomaram as ruas em manifestações pacificas para que a sociedade brasileira pudesse refletir sobre o grande risco que a reforma representa para todos os brasileiros.
Qual trabalhador pode ser favorável a uma proposta dessas? A população precisa sim cobrar de seus representantes uma posição contra esse absurdo! Sejam eles Vereadores, Prefeitos, Deputados ou Senadores! Todos devem ser cobrados a tomar uma posição em relação a essa reforma. Pois o posicionamento dos partidos políticos já está aparecendo.
Em Pouso Alegre o SIPROMAG agiu de maneira transparente, sempre deixou claro para a administração municipal e para todos os profissionais da educação que irá defender a educação e os profissionais da educação e zelar pela ordem e pela legalidade. Cumprir os 200 dias letivos, art. 24, inciso I da LDB, direito do aluno é dever que será cumprido.
É importante destacar, no dia 15 de março milhares de professores, jovens e trabalhadores em todo país foram em defesa ruas em manifestações pacíficas Contra a Reforma Previdenciária, exemplo de ordem e respeito para defender o direito a aposentadoria dos trabalhadores. Como em todo Brasil aqui em Pouso Alegre professores e trabalhadores também foram as ruas pra lutar pelo futuro de todos trabalhadores e trabalhadoras.
Os professores em NENHUM momento fizeram manifestação para prejudicar a administração municipal, nem alunos e os pais ou responsáveis pelos alunos. Os professores foram às ruas para dizer “Não a Reforma da Previdência”, lutar por nenhum direito a menos a aposentadoria dos trabalhadores da educação e de sociedade, inclusive de seus alunos, que caso essa reforma maléfica seja aprovada terão seu futuro comprometido, com uma vida de trabalho sacrificada até a velhice e com uma chance mínima de conseguir a aposentadoria no final da vida, irão morrer e não aposentar.
O Professor historicamente não educa somente dentro da sala de aula, o verdadeiro educador participa da evolução da sociedade, não forma técnicos e sim cidadãos. A cidadania consiste também em garantirmos vida digna para nossos alunos e a sociedade!
A reforma da previdência impõe um sistema absurdo de trajetória de trabalho para nossos trabalhadores.
1- O trabalhador precisará contribuir para a Previdência por 49 anos para aposentadoria integral.
2- Idade mínima de 65 anos para o direito da aposentadoria para homens e mulheres.
2- Fim da aposentadoria especial para os profissionais da educação e trabalhadores rurais.
Muito se falou em democracia e esqueceram-se da cidadania, no direito dos professores estarem juntos com os demais trabalhadores para exigir que Deputados e Senadores sejam contra essa reforma e defendam uma aposentadoria digna e merecida aos trabalhadores.
Uma vice-diretora eleita democraticamente por processo de indicação pela comunidade escolar (professores, funcionários e pais) foi exonerada de seu cargo de vice por aderir ao movimento, por ter ido às ruas contra a PEC 287 e defender a aposentadoria futura de seus alunos. Essa atitude não sabemos por qual motivo foi tomada, mas sabemos que não foi feita em defesa e valorização do trabalhador.
O SIPROMAG sempre manteve um canal de comunicação com a Secretaria de Educação e com o RH da Prefeitura e sempre estará disposto a dialogar para garantir um ensino de qualidade para os nossos jovens e garantir os direitos do trabalhador.